26/07/2014

Extintores Explosivos para Incêndios Florestais


Os Bombeiros Municipais de Tavira possuem vários extintores indicados para o combate a incêndios florestais.
Tem uma característica especial, pois funcionam de forma explosiva, actuando sobre o incêndio na forma de abafamento e arrefecimento devido à água aditivada com um produto emulsor que contem no seu interior.

São empregues na maioria das vezes em ataque defensivo, a alguns metros de pontos sensíveis a defender.

À chegada da frente ou do flanco activo ao local onde se encontram instalados, o extintor é activado, explodindo e pulverizando a emulsão num espaço de até 5 metros, baixando consideravelmente a velocidade e intensidade do incêndio, por outras vezes procede mesmo à sua completa extinção.

O extintor é fabricado em plástico, possui uma carga explosiva e um cordão detonante com 2 metros, possui ainda uma alça de suspensão que lhe permite ficar fixo a um ponto.


Quando o incêndio atinge o cordão detonante, 10 segundos depois o extintor explode espalhando o agente na área.

Por vezes, no ataque directo ao incêndio atingido directamente o fogo com o lançamento do extintor sobre o mesmo também se produz algum efeito.

Estes extintores, embora no activo, são do ano de 1994, ano no qual em que esta patente foi lançada no mercado, deixando pouco tempo depois de ter grande impacto e visualização no serviço de Bombeiros.

Das características todas que possui são estas para mim as mais importantes e interessantes:

*Não explodem por simpatia
*Não explodem em cadeia
*Não explodem por golpes ou pancadas
*A sua efectividade não é alterada pelo factor climatérico ou pela noite

FIRESHELTER52

1 comentário:

compacx disse...

São eficientes quando explodem, quando isso não ocorre é uma ratoeira.