30/06/2013

Monte Gordo... Relato de um Salvamento na Praia

Texto coligido em facebook "Concessão Balnear Maria Eugénia Ferreira - Praia de Monte Gordo"...

"Salvamento das tres geracoes : Mae, Filha e Neta

Passava pouco das 13h quando a experiencia de Jorge Ferreira, Nadador Salvador da nossa Concessao, fez-se a agua para retirar as 3 mulheres k tinham sido apanhadas num agueiro(boca de gola).

Devido ha dificuldade do Salvamento e numero de vitimas utilizou a prancha como meio de salvamento.

Teve como apoio os restantes elementos da concessao. As vitimas foram assistidas no nosso posto de praia para verificaçao e mediçao dos parametros vitais tendo-se verificado que estava tudo normal poderam prosseguir o dia com normalidade.

"QUANDO SE SALVA ALGUÉM DASSE MAIS VALOR À VIDA... SAFEPLACE52"

FIRESHELTER52

Bombeiros Respondem a Incêndio em Hotel em Monte Gordo

Um curto-circuito num quadro elétrico provocou um pequeno incêndio numa unidade hoteleira de Monte Gordo, concelho de Vila Real de Santo António, na noite de sábado, controlado pelos bombeiros sem registo de vítimas, disse a Proteção Civil.

O fogo começou cerca das 22:00 quando uma fuga de água ocorrida num quarto do 12º andar do hotel, situado na marginal de Monte Gordo, atingiu um quadro de eletricidade, obrigando os bombeiros a intervir a retirar algumas pessoas dos andares adjacentes, por precaução, precisou à Agência Lusa o presidente da Câmara de Vila Real de Santo António, Luís Gomes.

O autarca frisou não se ter "registado nada de grave, nem vítimas", e "apenas se ter retirado algumas pessoas das zonas mais próximas por mera precaução".

A localidade balnear de Monte Gordo tem grande parte da capacidade hoteleira do concelho de Vila Real de Santo António e o hotel atingido é um dos mais emblemáticos e mais altos da marginal, que o autarca disse manter-se em funcionamento.

A fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Faro disse à Lusa que o fogo foi dominado com recurso a um extintor por elementos dos Bombeiros Voluntários de Vila Real de Santo António, corporação que prestou assistência no local.

destakes.com

FIRESHELTER52

Lagoa Mulher morreu depois de ser agredida com "canivete"...

O homicídio foi cometido cerca das 02:00 e a vítima, de 35 anos, “foi transportada, com ferimentos graves, pelo Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), para o Centro Hospitalar do Barlavento, onde veio a falecer”, afirmou fonte do Comando de Faro da força de segurança.

“Ao ter conhecimento da ocorrência, a GNR deslocou para a zona diversas patrulhas e equipas do destacamento de intervenção de Faro, tendo uma dessas equipas conseguido descobrir a presumível homicida nas proximidades de uma fábrica abandonada de conservas”.

A GNR conseguiu também “recuperar, na posse da suspeita, a presumível arma do crime, que era um canivete”, e não uma tesoura como foi inicialmente adiantado pelo Comando-Geral da GNR, sublinhou a mesma fonte.

A detenção ocorreu cerca das 04:30 e a presumível autora do crime entregue à Polícia Judiciária de Faro, que ficou com a investigação a seu cargo.

Questionada sobre as motivações da homicida, a fonte da GNR de Faro disse estarem a ser “analisados vários cenários”, entre eles o de ser um crime relacionado com a toxicodependência, mas “ainda é prematuro” e o que há até ao momento são especulações.

destakes.com

FIRESHELTER52

28/06/2013

Câmaras Algarvias Reforçam Financiamento Do Dispositivo De Combate a Incêndios

As 16 câmaras algarvias vão reforçar o financiamento do dispositivo especial de combate a incêndios florestais, que passarão a receber 60 euros por cada período de 24 horas.

Trata-se de um acréscimo de 15 euros face aos 45 euros pagos pela Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), reforçando as compensações pagas aos bombeiros num investimento total de 300 euros.

A medida vai ficar assente através de um protocolo, que será assinado entre todos os municípios algarvios, a ANPC, as 13 associações humanitárias de bombeiros da região e a Federação de Bombeiros do Algarve.

A iniciativa foi conduzida pela Comunidade Intermunicipal do Algarve (AMAL), que a considera “pioneira”, salientando que o valor do investimento será dividido de forma igual pelas 16 autarquias da região.

O dispositivo de combate contará, nos meses mais críticos – de julho a setembro –, com 450 operacionais, apoiados por 114 meios técnicos e três meios aéreos, incluindo as medidas preconizadas na sequência das grandes operações de proteção civil registadas em 2012 na região.

A sessão de assinatura do protocolo está agendada para segunda-feira, 1 de julho, às 15:00 horas, na sede da AMAL, em Faro.

Fonte: www.regiaosul.pt / .diariOnline RS

FIRESHELTER52

25/06/2013

Bombeiros Municipais respondem a Incêndio Urbano em Tavira

Os Bombeiros Municipais de Tavira responderam ao início da tarde de hoje a um incêndio urbano na zona do Mato de Santo Espirito em Tavira.

Do incêndio resultou apenas danos materiais, não houve vitimas a registar e os Bombeiros Municipais efetuaram ainda um salvamento de um animal no local do incêndio.

As operações de combate, ventilação tática e consolidação de trabalhos de rescaldo estenderam-se por mais de uma hora.

Responderam ao incêndio 8 Bombeiros Municipais de Tavira apoiados por um Veiculo Urbano de Combate a Incêndios, um Autotanque e uma Auto-Escada do CBM Tavira juntamente com a PSP.




FIRESHELTER52

24/06/2013

Algarve voltou hoje a Tremer... (2.7) Richter

Eram 13:55 de hoje dia 24-6-13 quando foi registado na Rede Sísmica Portuguesa um sísmo com a magnitude de 2.7 na escala de Richter.

O epicentro foi localizado a 40km a S/SE do cabo de São Vicente a 6km de profundidade.

O abalo pode ter sido sentido na zona Barlavento Algarvio mas segundo o IPMA não ha para já registo de danos ou feridos.

Segue-se atentamente os registos da RSN em http://www.ipma.pt/pt/geofisica/sismologia/

FIRESHELTER52

Algarve em Alerta Amarelo

Com a previsão para os próximos dias de temperaturas elevadas acima de 35 graus nas regiões Centro e Sul...

Acompanhadas de níveis de humidade relativa do ar inferior a 20% no interior e não excedendo 35% na generalidade do território...

Com previsões de vento predominante do quadrante Leste soprando moderado e pontualmente forte nas terras altas salientando-se ainda temperaturas minimas superiores a 20 graus informa-se:

A passagem ao nível AMARELO do Estado de Alerta Especial do SIOPS a partir das 14 horas de dia 24 de Junho até às 23:59 de dia 26 de Junho.

Em caso de incêndio ligue de imediato 112

FIRESHELTER52

EN125 fez mais um Morto e 4 Feridos Graves em Acidente

Um despiste na estrada nacional 125, esta manhã, provocou um morto e quatro feridos.

Nenhum dos ocupantes do veículo que embateu com violência num poste de eletricidade seguia com cinto de segurança.

O acidente aconteceu por volta das 07:00, em Vale Judeu, no sentido Faro-Albufeira e obrigou ao corte de trânsito em ambos os sentidos, tendo a circulação sido retomada duas horas e meia depois.

No automóvel seguiam cinco homens, de nacionalidade cabo-verdiana, todos na casa dos 30 anos.

O acidente resultou na morte de um dos passageiros que seguiam no banco de trás, que já estava morto quando as equipas de socorro chegaram ao local.

Os outros quatro ocupantes foram transportados para o Hospital de Faro e permanecem em observação. Apenas um apresenta um quadro clínico que inspira mais cuidados devido a traumatismo craniano.

A GNR, através do Núcleo de Investigação Criminal de Acidentes de Viação, vai agora apurar as causas deste despiste que, ao que tudo indica e a julgar pelo estado em que ficou a viatura, terá sido provocado pelo excesso de velocidade associado a uma manobra irregular.

TVI24

FIRESHELTER52

22/06/2013

Município de Tavira atribui a medalha de honra da cidade aos Bombeiros Municipais

Os Bombeiros Municipais de Tavira (BMT) são agraciados com esta distinção no dia 24 de Junho.

Estes, através de todas as suas estruturas têm como objetivo a proteção de pessoas, de bens e do ambiente, prevenindo situações que as ponham em perigo ou limitando as suas consequências.

Os Bombeiros Municipais são profissionais, incluindo, também, no seu corpo, bombeiros voluntários, dado que a origem da corporação começou por ser, em 1888, uma Companhia de Bombeiros Voluntários que evoluiu para a forma profissional que, hoje, apresenta.

O seu Corpo é composto por 38 profissionais, seis voluntários, perfazendo um total de 44 elementos.

Em julho do ano passado, quatro dias de incêndios devastaram um terço do concelho tavirense.

Foram momentos de aflição, mas também de bravura e solidariedade.

Pela dedicação e pelo trabalho árduo manifestado, no decorrer destes longos dias, os BMT são dignos de distinção pública.

http://www.cm-tavira.pt/site/content/noticia/tavira-celebra-dia-da-cidade

FIRESHELTER52

Algarve volta a tremer durante a madrugada

Após o registo de um sismo na rede nacional cujo epicentro se localizou a 75 km a S /SW de Faro de magnitude 3.8 (Richter) às 18:40 de ontem dia 21/6/2013 o Algarve voltou a tremer durante a madrugada.

Sensivelmente na mesma zona que o registo anterior, entre a 1:50 e as 02:05 da madrugada de hoje Sábado dia 22, os sismógrafos registaram mais dois abalos.

O primeiro com magnitude de 2 (richter) a S de Faro e o seguinte com magnitude de 1.5 a SW de Faro.

Não há indicações que tenham sido sentidos pela população ou provocado qualquer tipo de estragos.

O abalo que foi sentido em Faro e Loulé de 3.8 foi classificado com Grau III.

http://www.ipma.pt/pt/geofisica/sismologia/

FIRESHELTER52

21/06/2013

Algarve regista sismo de 3.8 ao final a tarde de hoje

Foi registado um sismo na rede nacional cujo epicentro se localizou a 75 km a S /SW de Faro de magnitude 3.8 (Richter) às 18:40 de hoje, dia 21/6/2013.

Do abalo não se registou qualquer estrago ou motivou pedidos de socorro.

Segue-se atentamente divulgações do IPMA que apenas na sua página divulga a localização e informa que o mesmo foi sentido na região.

FIRESHELTER52

"Em emergências médicas, o salva-vidas só serve para trazer caixões"

Um idoso que sofreu uma paragem cardiorrespiratória, na ilha da Culatra, morreu à espera de assistência médica. Família queixa-se da demora do INEM, que tem de ser transportado por Marinha.

José de Brito, mariscador de 74 anos, residente na ilha da Culatra, morreu enquanto esperava por assistência médica.

A família queixa-se da demora na resposta a problemas de saúde, nas ilhas Barreira da ria Formosa, que aumentou quando o barco-ambulância ‘Ria Solidária’ parou, no início de 2011.

Desde essa altura, o socorro às ilhas Barreiras é assegurado por um salva-vidas da Autoridade Marítima, sediado em Olhão, que transporta as equipas do INEM. O caso aconteceu, há uma semana, por volta das 18h00, altura em que os dois tripulantes do salva-vidas já não se encontravam de serviço, revela o “Correio da Manhã”.

"As pessoas só podem adoecer das 09h00 às 17h00. Pois como o mestre do barco vive na Fuseta, até chegar a Olhão e partir para a ilha, a assistência demora uns 30 minutos", acusa Cristiana Viegas, filha da vítima.

Na altura um colaborador do Algarve Primeiro encontrava-se no local, e relata que a espera dos elementos do INEM (médico, enfermeiro e técnicos) foi longa ao ponto de a equipa de emergência médica, após ter entrado na embarcação, ter ficado ainda mais alguns minutos até que os motores fossem ligados.

O INEM, não chegou a tempo de reanimar José de Brito. "Em emergências médicas, o salva-vidas só serve para trazer caixões", diz Cristiana, que reclama "um barco sempre disponível, pois assim as pessoas não têm socorro garantido".

O ‘Ria Solidária’, adquirido pelo Governo Civil de Faro, em 2008, teria essa função, mas está parado há mais de dois anos. Segundo Macário Correia, presidente da Câmara de Faro, a "labiríntica burocracia entre Proteção Civil e Marinha" impede a embarcação de voltar a operar.

Algarve Primeiro:http://algarveprimeiro.com/index.php?article=30435&visual=8&id_area=1&layout=20

FIRESHELTER52

19/06/2013

Bombeiros Municipais dão Formação sobre Primeira Intervenção em Incêndios Florestais

Os Bombeiros Municipais de Tavira estiveram na passada semana reunidos com alguns funcionários das Juntas de Freguesias de Santa Maria, Santa Catarina, Cachopo e Conceição numa ação de formação que visou dotar de conhecimentos estes funcionários para uma primeira intervenção em incêndios florestais a partir dos equipamentos e veículos que possuem.

Centrados nos KIT´s de combate a incêndios e ferramentas manuais que possuem nas viaturas das Juntas de Freguesia, estes funcionários receberam do Bombeiro, Chefe Municipal, José Evaristo e do Bombeiro Municipal Mário Costa instruções e conhecimentos sobre a utilização dos mesmos.

A formação foi sobretudo prática e aprofundou conhecimentos na área da utilização de moto-roçadeiras, material sapador, estabelecimento de linhas de mangueiras, aspiração com motobombas, e conhecimentos práticos para domínio de incêndios rurais / florestais visando o cumprimento das regras gerais de segurança.

Nessa mesma noite, e após a ação de formação eclodiu um incêndio florestal no sitio dos Palheirinhos na serra de Tavira onde o veiculo e o pessoal da Junta de Freguesia de Santa Maria esteve presente no combate ao mesmo.

Ficam aqui algumas fotos da ação....













FIRESHELTER52

Bombeiros Municipais respondem a Incêndio na zona NE do Concelho

Os Bombeiros Municipais de Tavira responderam durante a noite de ontem a um incêndio na “Cheirosa”, localizada um pouco acima do sítio do Faz-Fato na Freguesia da Conceição de Tavira.

Ao princípio a chamada de socorro foi efetuada como se tratando de mato a arder, mas na chegada dos meios ao local os Bombeiros Municipais de Tavira depararam-se com um contentor do lixo em combustão na sua forma generalizada.

No seu interior além de resíduos encontravam-se também munições de caça, facto esse que causou cuidados acrescidos ao desenvolvimento das operações de socorro naquele local.

6 Bombeiros Municipais apoiados por um Veiculo Ligeiro de Combate a Incêndios, um Veiculo Florestal de Combate a Incêndios e um Autotanque responderam a esta situação, que, envolveu ainda um outro Veiculo Florestal de Combate a Incêndios dos Bombeiros de Vila Real e a GNR.

FIRESHELTER52

Consumidores de Tavira pagam a fatura de agua mais cara da região

Quem mora em Tavira, Albufeira, Vila Real de Santo António, Lagos ou Portimão paga cerca do triplo do valor de quem vive em Monchique por igual consumo de água (120 m3/ano), segundo dados da Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos relativos a 2012.

Monchique tem a fatura mais barata da região – inclui água, saneamento e resíduos –, com os 120 m3/ano a custarem 99 euros, confirma hoje o "Correio da Manhã".

No município, a água fornecida aos consumidores é de captações da câmara, enquanto no resto da região, as autarquias compram a água à empresa Águas do Algarve. E, em Monchique, não há taxa de resíduos.

"Estas tarifas representam uma mais-valia para as famílias, não se justificando fazer aumentos numa altura em que se vive um período de dificuldades económicas", diz Rui André, presidente da câmara.
O autarca garante que o sistema é autossustentável.

O facto de a distribuição ser feita pelo sistema gravítico reduz os custos, dado que evita o recurso a equipamentos que gastam energia. Rui André frisa ainda que "a água é de grande qualidade".

Pelo contrário, os consumidores de Tavira pagam a fatura mais cara da região, se excetuarmos as duas zonas de luxo de Vale do Lobo e Quinta do Lago, no concelho de Loulé. Os 120 m3/ano custam 315,36 euros.

Jorge Botelho, presidente da câmara, destaca que os tarifários são semelhantes a outros concelhos do Litoral.

E acrescenta que, desde que tomou posse, "94% das famílias passaram a pagar menos ou mantiveram o mesmo valor", devido às alterações introduzidas nos escalões e com a baixa nas tarifas fixas.

O autarca acrescenta que está a trabalhar "para tentar reduzir" os valores cobrados, apesar da subida dos preços pagos pela câmara à Águas do Algarve.

http://algarveprimeiro.com/

FIRESHELTER52

Jovens participam em programa de vigilância florestal em Loulé

Pelo sexto ano consecutivo, o serviço de Proteção Civil da Câmara Municipal de Loulé vai realizar um programa de voluntariado jovem para a vigilância florestal, com apoio das juntas de freguesia do Ameixial, Tôr, Alte, Benafim, Salir e Querença.

A atividade destina-se a jovens com idades compreendidas entre os 12 e os 17 anos de idade, organizados em grupos de sete, sendo sempre acompanhados por um monitor. Cada brigada tem a durabilidade de uma quinzena, funcionando em dias alternados.

O programa de voluntariado ao longo dos anos tem fomentado a cultura de proteção e valorização do nosso património comum, a floresta e dar a conhecer a alguns jovens as freguesias do concelho.

Outro dos objetivos das ações é a prevenção e deteção de fogos florestais, sensibilização e informação às populações (entrega de folhetos) e interação com a população mais idosa e isolada.

O programa terá início no dia 1 de julho e decorrerá até dia 30 de agosto.

Os interessados em integrar uma destas brigadas poderão inscrever-se através do telefone 289400827 ou do endereço eletrónico smpc@cm-loule.pt.

FIRESHELTER52

Temperaturas vão subir 11 graus

Previsão aponta para 35 graus em Lisboa, na próxima semana. Santarém chegará aos 37

Nos próximos seis dias, as temperaturas vão subir progressivamente mais 11 graus, depois de terem registado um recuo acentuado no início da semana.

O regresso do calor, que marca o início do verão, será sentido primeiro nas regiões do Interior, devido à dissipação da massa de ar frio, proveniente do Norte da Europa, que provocou temperaturas anormalmente baixas.

Ontem, em Lisboa, por exemplo, houve uma máxima de 20 graus, quando o habitual é de 26 graus.

Uma situação que o meteorologista Bruno Café confirma não ser normal para a época, em particular os quatro graus verificados na Serra da Estrela.

Para hoje, a previsão para o Litoral aponta para a permanência da nebulosidade durante a manhã, revelou a meteorologista Paula Leitão.

Na capital, as temperaturas serão na ordem dos 22 graus até domingo.

Mas, a partir de segunda-feira, a previsão do Instituto Português do Mar e da Atmosfera indica o regresso do calor também no Litoral.

Para terça-feira estão previstos 35 graus em Lisboa e 36 em Setúbal.

Em Santarém, na quarta-feira, estarão 37 graus.´

Por:João Saramago in CM

FIRESHELTER52

Helicopteros de Combate a Incêndios... "Autorizados"

O Tribunal de Contas já autorizou o aluguer dos oito helicópteros médios de combate aos incêndios, que deviam ter entrado em funcionamento no passado sábado.

Segundo o ministro Miguel Macedo, estarão operacionais logo que possível.

Os aviões anfíbios integram o dispositivo a partir de amanhã.

in CM

FIRESHELTER52

18/06/2013

Despiste de mini-bus provoca dois feridos em FARO

Duas pessoas ficaram hoje feridas sem gravidade na sequência de um despiste de um mini-autocarro dos transportes urbanos em Faro, disse à Lusa fonte da PSP.

De acordo com a PSP, o acidente ocorreu por volta das 12:15, junto ao hotel Faro, no centro da capital algarvia, devido a "um problema mecânico nos travões do mini-bus".

A mesma fonte indicou que o motorista ao aperceber-se da falha nos travões deu duas voltas à rotunda, embatendo depois deliberadamente na estátua central da rotunda para parar a viatura.

Do embate resultaram ferimentos ligeiros em duas pessoas, passageiros do mini-bus, que necessitaram de receber tratamento hospitalar.

.diariOnline RS com Lusa

FIRESHELTER52

15/06/2013

Helicópteros de Combate a Incêndios... em Terra

Oito dos 15 meios aéreos que hoje deveriam estar operacionais em todo o País estão parados devido a "constrangimentos administrativos".

Mais de metade dos 15 helicópteros de combate a incêndios florestais que hoje deveriam entrar em funcionamento não vão levantar voo por "constrangimentos administrativos", admitiu ontem a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC).

O Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Florestais (DECIF) de 2013 prevê para a fase Bravo, que termina a 30 de junho, um total de 30 meios aéreos, que vão aumentando à medida que avança esta fase, que começou com 11 helicópteros e deveriam passar para 26, a 15 de junho, e para 30, a 20 de junho. No entanto, a ANPC assumiu ontem à tarde que, hoje, apenas vão entrar em funcionamento sete helicópteros ligeiros, que se juntam aos seis ligeiros e aos cinco pesados já disponíveis desde 15 de maio, quando se iniciou a fase Bravo.

O s oito helicópteros médios só deverão estar disponíveis "segunda ou terça-feira, em principio", disse ontem ao CM o comandante nacional operacional, José Manuel Moura, desvalorizando a questão.

"Tenho de usar os meios disponíveis e ajustar o dispositivo. Estes atrasos já aconteceram noutros anos, não vamos fazer disto um drama", defendeu aquele responsável.

Jaime Soares, presidente da Liga de Bombeiros Portugueses, diz que os helicópteros médios são "peças fundamentais e imprescindíveis" no combate aos fogos florestais e avisa que "será muito grave para o País não poder contar com eles".

Garante que a ausência dessa "ferramenta" pode dificultar os trabalhos do combate, tendo em conta que são aeronaves "com mais capacidade de transporte de água, mais rápidas e versáteis que os helicópteros ligeiros". Além disso, os helicópteros médios ainda têm a vantagem de poder transportar brigadas de combate aos incêndios.

Jaime Soares espera que os "constrangimentos administrativos" referidos pela ANPC sejam "rapidamente resolvidos".

Na sua opinião, estes helicópteros médios são "extremamente importantes para a primeira intervenção no combate aos fogos, impedindo assim que tomem grandes proporções".

O líder dos bombeiros portugueses acredita que se o clima aquecer surgirão os fogos e as aeronaves "vão fazer muita falta".

http://bombeirosparasempre.blogspot.pt

Fonte: CM

FIRESHELTER52

Bombeiros do Algarve atravessam uma grave situação financeira

Os Bombeiros do Algarve atravessam uma grave situação financeira, e pelo menos uma associação já
enfrentou problemas de ordenados em atraso, apurou o CM junto da Federação de Bombeiros da região.

De acordo com Teodósio Carrilho, presidente da federação, com este estado de coisas está-se “a caminhar para a insustentabilidade das associações de bombeiros, o que pode pôr em causa o seu funcionamento”.

Este responsável salienta que uma das causas da presente situação tem a ver com a menor disponibilidade das câmaras para apoiarem financeiramente os bombeiros, dado que também as autarquias algarvias atravessam dificuldades financeiras.

Outro problema é a diminuição drástica nos serviços de transporte de doentes efectuados pelos bombeiros voluntários no âmbito do Serviço Nacional de Saúde.

"As associações fizeram investimentos avultados na aquisição de ambulâncias, mas estas são cada vez menos requisitadas para transportar os doentes", refere Teodósio Carrilho.

Na próxima semana, a federação vai tomar uma posição pública sobre o momento actual.

"O poder político tem de dizer o que quer dos bombeiros e como suportar os custos do serviço que prestam à comunidade", salienta o presidente federativo algarvio.

www.bombeirosparasempre.blogspot.com

FIRESHELTER52

Fragata da Marinha Hermenegildo Capelo afundada ao largo de Portimão

A fragata Hermenegildo Capelo, o terceiro dos quatro navios da Marinha Portuguesa que integram o parque subaquático para mergulho no Algarve, foi afundada neste sábado ao largo de Portimão, operação que decorreu «conforme tinha sido planeada».

Os mergulhadores da Marinha fizeram a primeira inspeção e confirmaram que o navio caiu direitinho no fundo, e deram o ok para que se iniciem os mergulhos, disse Luís Sá Couto, o promotor do projeto Ocean Revival.

A fragata Hermenegildo Capelo, juntou-se assim à corveta «Oliveira e Carmo» e ao navio-patrulha «Zambeze», ambos afundados no final de 2012, para integrarem o parque subaquático para mergulho do Algarve.










FIRESHELTER52

Bombeiros Municipais respondem a Incêndio na Serra de Tavira

Os Bombeiros Municipais de Tavira responderam ao inicio da noite de hoje a um incêndio na zona dos Palheirinhos na Serra de Tavira.

Arderam 2500 m2 de pasto e mato, a razão da eclosão do Incêndio é para já desconhecida.

No local estiveram perto de uma dezena de Bombeiros Municipais de Tavira apoiados por um Veiculo Ligeiro de Combate a Incêndios, um outro veiculo Florestal de Combate a Incêndios e um autotanque sediados no CBM Tavira.

De fora do Concelho vieram em reforço dos Bombeiros Municipais um Veiculo Florestal de Combate a Incêndios dos Bombeiros de Vila Real de Santo António e um outro Veiculo Florestal de Combate a Incêndios dos Bombeiros de São Brás de Alportel.

A conclusão dos trabalhos de extinção deu-se até perto da meia-noite.

FIRESHELTER52

14/06/2013

Praia em Direto - Saiba como está o tempo na praia que vai visitar

A Fundação Vodafone Portugal em parceria com a Marinha Portuguesa – Instituto de Socorros a Náufragos, lançou em Agosto de 2011 a primeira versão da aplicação ‘Praia Directo’ e inicialmente abrangidas 24 zonas balneares.

Hoje é possivel através de um enderesso na Internet saber instantaneamente qual o estado do tempo que se faz sentir nas praias portuguesas.

Temperatura, índeces UV, velocidade e direção do vento, humidade do ar e ainda qualidade da água.

Basta aceder ao endereço http://praiaemdirecto.com:8080/beachSensServer/2012_praiaemdirecto/main.html?zoom=10&lat=38.571303&lon=-9.195772


Seguindo-se depois a escolha da praia que pretende obter a informação.

Muito útil na escolha e recolha de informação METEO.

O SAFEPLACE52 vai disponibilizar na barra lateral direita do Blog uma imagem da aplicação com uma Linkagem para acesso fácil e rápido à informação das praias na zona de Tavira.

FIRESHELTER52

Comboio colheu carro em passagem de nível em Olhão

Foi por um milagre que os dois ocupantes de um automóvel colhido ontem por um comboio numa passagem de nível sem guarda em Bela Mandil, Olhão, sobreviveram.

O carro ficou desfeito numa vala depois de a carruagem ter embatido na traseira do veículo ligeiro. Moradores queixam-se de falta de segurança do local, revela hoje o "Correio da Manhã".

Eram cerca das 12h00 quando um casal de turistas de nacionalidade holandesa atravessava, dentro do automóvel, a passagem de nível sem guarda.

Por não conhecerem o local, não prestaram atenção ao comboio, que ia na direção Faro-Vila Real de Santo António, e a parte traseira do automóvel foi atingida, empurrando o carro para uma vala, onde passa um riacho. Ainda assim, o casal conseguiu sair de dentro do veículo pelo próprio pé.

Segundo o INEM, que esteve no local com os Bombeiros, os ocupantes do veículo, de 53 e 63 anos, "sofreram ferimentos ligeiros", mas foram transportados para o Hospital de Faro para observação.

Uma moradora disse ao CM que "o local é pouco seguro devido à falta de guarda" e que "já não é a primeira vez que acontecem acidentes" no local. "Há cerca de cinco anos, já morreu aqui uma pessoa. Estes tiveram muita sorte", referiu.

FIRESHELTER52

13/06/2013

“Mergulho para todos” Tavira

O 3.º aniversário da DDI – Disabled Divers Internacional, uma organização que se dedica à prática de mergulho com o lema “Mergulho para todos”, vai decorrer nos dias 22 e 23 junho, em Tavira.

Com sede na Dinamarca mas que também a operar em Portugal, a DDI leva a cabo ações de promoção do mergulho para pessoas com deficiência, “visando a sua inclusão social e reabilitação física e psíquica”.

De acordo com informação remetida à Plural&Singular, esta organização vai festejar o seu aniversário com várias atividades na Praia do Barril, Tavira, com a colaboração da Federação Portuguesa de Desporto para Pessoas com Deficiência.

Um dos objetivos é “mostrar o potencial do Barril como um projeto de futuro na área do Turismo Acessível”.

O programa de aniversário conta com demonstrações de mergulho e batismo de mergulho, workshops e formações.

Mais notas importantes sobre a DDI Portugal: os instrutores estão espalhados por todo o país (Peniche, Almada, Lisboa, Loures, Alvor, Aveiro, Caldas da Rainha, Faro, Funchal, Barreiro, Matosinhos, Porto Covo, Lagos, Sesimbra, Portimão, Porto Santo, Olhão, entre outras cidades); e existem centros de DDI em Portugal em várias localidades (Peniche, Faro, Sesimbra, Porto Covo, Porto Santo e Tavira).

FIRESHELTER52

12/06/2013

500 Bombeiros Profissionais Protestaram em Abrantes

Cerca de cinco centenas de bombeiros profissionais de todo o país desfilaram hoje pelas ruas de Abrantes numa manifestação de protesto contra a extinção dos bombeiros municipais daquele concelho.

Promovida pela Associação Nacional de Bombeiros Profissionais e pelo Sindicato Nacional dos Bombeiros Profissionais (ANBP/SNBP), o "gesto de solidariedade" daquela classe profissional aconteceu poucos dias depois de a Câmara de Abrantes ter extinguido o corpo de bombeiros municipais e ter integrado alguns dos seus elementos noutros serviços da autarquia.

A presidente da câmara, Maria do Céu Albuquerque (PS), apoiou a criação da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Abrantes (AHBVA) para gerir a corporação e cedeu todo o seu espólio através de um protocolo, alegando que "um corpo de bombeiros integrado na AHBVA está em melhores condições para prosseguir a missão de socorro e segurança", uma leitura que tem sido sempre contestada pela associação e pelo sindicato nacionais.

Em declarações à agência Lusa, o presidente da ANBP disse hoje que a "teimosia" da presidente da câmara "vai agravar as condições de socorro" em Abrantes e reiterou que, com uma associação humanitária, "a cidade não fica melhor nem fica mais fortalecida, em termos de socorro e segurança".

Fernando Curto disse ainda que se sentiu "enganado" ao longo das várias conversações com os responsáveis do município, afirmando ter-lhe sido "garantido" que os bombeiros municipais nunca seriam extintos.

"Fomos enganados e isto é tudo uma aldrabice, porque os até agora Bombeiros Municipais de Abrantes, altamente especializados em missões de socorro, com centenas de horas de formação e com 20 e 30 anos de serviço, passaram a desempenhar funções de técnicos administrativos, de coveiros e em serviços de limpeza. Como é que os serviços de socorro podem melhorar?", questionou.

dn.p
Foto:© Henriques da Cunha/ Global Imagens

FIRESHELTER52

11/06/2013

Lista de Classificação Oficial do Campeonato Nacional de Desencarceramento 2013

Fica aqui uma cópia da lista final e oficial da classificação do I campeonato Nacional de Salvamento e Desencarceramento que decorreu nos dias 6-7-8-9 de Junho no Barreiro.

A lista foi coligida na página da ANSD in facebook.

Do Algarve concorreram os Bombeiros de Aljezur, Lagoa, São Brás de Alportel e Tavira.



FIRESHELTER52

Temperatura sobe 6 graus

O tempo deverá aquecer a partir de hoje cerca de seis graus.

Depois de ontem terem sido registados 20 graus em Lisboa, a previsão para amanhã é de 26.

Em Évora e Bragança, o aumento será de 24 para 30, e em Faro de 21 para 27.

No Porto, a subida será mais modesta, na ordem dos três graus – de 17 para 20.

FIRESHELTER52

Bombeiros Voluntários com direito ao reembolso das propinas pela frequência dos ensinos secundário ou superior:

Foi publicado hoje em Diário da República o Despacho nº 7456/2013, que estabelece os procedimentos para o reembolso de propinas e de taxas de inscrição aos bombeiros.

CAPÍTULO I
Disposições gerais
Artigo 1.º
Objeto


O presente despacho estabelece os procedimentos para o reembolso de propinas e de taxas de inscrição aos bombeiros.

CAPÍTULO II
Reembolso de propinas


Artigo 2.º
Beneficiários

1 — Têm direito ao reembolso de propinas e de taxas de inscrição pagas pela frequência dos ensinos secundário ou superior:

a) Os bombeiros voluntários do quadro de comando e das carreiras de oficial bombeiro e bombeiro do quadro ativo, com pelo menos dois anos de serviço efetivo;

b) Os descendentes em primeiro grau dos bombeiros integrados em qualquer dos quadros dos corpos de bombeiros profissionais, mistos ou voluntários falecidos, acidentados em serviço ou vítimas de doença ou invalidez permanente contraída ou agravada em serviço ou por causa dele.

2 — Têm direito ao reembolso de propinas e de taxas de inscrição pagas pela frequência do ensino superior os descendentes em primeiro grau de bombeiros voluntários dos quadros de comando e ativo com pelo menos 15 anos de serviço.

Artigo 3.º
Requisitos gerais


1 — O benefício de reembolso de propinas e de taxas de inscrição pagas pela frequência dos ensinos secundário ou superior, é atribuído ao bombeiro que, cumulativamente, satisfaça as seguintes condições:

a) Pertencer ao quadro de comando ou às carreiras de oficial bombeiro e bombeiro do quadro ativo;

b) Possuir, pelo menos, dois anos de serviço efetivo concluídos durante o ano letivo para o qual requer a propina;

c) Não ter beneficiado desta regalia para o mesmo grau académico;

d) Ter tido aproveitamento escolar no ano letivo anterior àquele para o qual requer o subsidio, salvo se se tratar de início de curso.

2 — Para efeitos do disposto na alínea a) do número anterior, a situação nos quadros é avaliada à data de entrada do requerimento na ANPC.

3 — Para efeitos do disposto na alínea b) do número anterior, o período de estágio é considerado como tempo de serviço desde que a respetiva duração não exceda dois anos e seja seguido pelo efetivo
ingresso no corpo de bombeiros.

4 — Quando o estabelecimento de ensino superior se situar fora do território nacional, o benefício do reembolso de propinas apenas será concedido se o curso for reconhecido em Portugal pela entidade competente para o efeito.

5 — A atribuição dos benefícios previstos na alínea a) do n.º 1 do artigo anterior é requerida pelo próprio.

6 — Podem requerer a atribuição dos benefícios de reembolso de propinas e de taxas de inscrição previstas na alínea b) do n.º 1 e no n.º 2, do artigo anterior o bombeiro cujo descendente seja elegível para beneficiar da atribuição dos referidos benefícios.

7 — Na falta de requerimento do bombeiro, por falecimento ou omissão, pode requerer a atribuição dos benefícios o próprio descendente, desde que comprove documentalmente a qualidade de bombeiro do progenitor.

Artigo 4.º
Instrução do processo


1 — Os pedidos devem ser devidamente instruídos pela Associação Humanitária de Bombeiros respetiva, e remetidos diretamente ao respetivo Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS), até 31 de dezembro imediato ao final do ano letivo para o qual se requer o benefício.

2 — A candidatura deve ser instruída com os seguintes documentos:

a) Requerimento da entidade detentora assinado pelo Presidente da Direção ou por quem estatutariamente tenha poderes para o substituir;

b) Declaração do Comandante atestando que o elemento tem cumprido os seus deveres de bombeiro;

c) Requerimento do interessado onde conste: nome, categoria, curso e ano que se encontra a frequentar, bem como o período letivo a que respeita o pagamento de propina cujo reembolso é solicitado;

d) Declaração do interessado, sob compromisso de honra, em como não beneficia de outros subsídios de idêntica natureza, podendo no entanto escolher -se aquele cujo regime for mais favorável;

e) Declaração de Matricula ou Boletim de Inscrição indicando expressamente o ano e período letivo a que respeita o pedido de reembolso;

f) Declaração de aproveitamento do ano letivo anterior relativamente ao qual solicita benefício, salvo se se tratar de inicio de curso;

Para mais informações consulte em:
http://dre.pt/pdf2sdip/2013/06/111000000/1879418795.pdf

FIRESHELTER52

10/06/2013

Veja QUANDO e COMO vai receber o seu subsídiode Férias 2013

O diploma que regula a reposição do subsídio de férias aos trabalhadores do Estado e aos pensionistas foi aprovado nesta sexta-feira. A proposta de lei teve os votos favoráveis do PSD e do CDS/PP e foi rejeitada por toda a oposição, que critica o cumprimento integral da decisão do Tribunal Constitucional (TC) apenas em Novembro.

Agora, o diploma seguirá para o Presidente da República, que tem 20 dias para o promulgar. Até que as novas regras sejam publicadas e comecem a vigorar, mantém-se em vigor a lei que determina que o subsídio de férias deve ser pago em Junho ou, em alguns casos, antes do período de férias.

Antes da votação final global, os deputados voltaram a esgrimir argumentos a favor e contra a solução encontrada pelo Governo para cumprir o acórdão do TC, que chumbou o corte/suspensão deste subsídio. Bernardino Soares, deputado do PCP, acusou o Governo de estar a introduzir “uma imensa confusão nos serviços da administração central e local”. E lançou um repto: “Paguem tudo e paguem já, que é a isso que têm direito os trabalhadores, reformados e pensionistas.”


Pelo PS, a deputada Isabel Santos ironizou: “O Governo veio ensinar-nos que as férias de Verão e o Natal é quando o sr. ministro das Finanças quiser.”

Mariana Aiveca, do Bloco de Esquerda, lembrou que o próprio Governo reconheceu que “não há problemas de tesouraria” que impeçam o cumprimento da decisão do TC no imediato e considerou a proposta agora aprovada “um malabarismo incompreensível”.

A maioria defendeu a solução encontrada e considera que responde ao acórdão do TC.

A proposta aprovada pelo Governo a 18 de Abril passou a designar o subsídio de Natal (que estava a ser pago em duodécimos desde Janeiro) como sendo o subsídio de férias. Já o subsídio de férias passou a designar-se subsídio de Natal e parte seria paga em Junho/Julho e a outra em Novembro/Dezembro.

No diploma agora aprovado, os deputados da maioria repuseram as designações originais, porque concluíram que a alteração da designação colocaria problemas. Na prática, os trabalhadores do Estado, os aposentados da Caixa Geral de Aposentações (CGA) e os reformados da Segurança Social continuam a receber o subsídio de Natal em duodécimos.

Já o subsídio de férias será pago por parcelas, consoante o seu valor. Os funcionários públicos e os pensionistas que auferem menos de 600 euros mensais vão receber o subsídio de férias na íntegra em Junho e Julho, respectivamente, tal como estava previsto.

Já os trabalhadores e os reformados que auferem entre 600 e 1100 euros receberão o subsídio em Junho e Julho, mas com os cortes previstos no Orçamento do Estado para 2013. A restante parte será paga em Novembro e em Dezembro.

Os trabalhadores com rendimentos acima de 1100 euros só verão a decisão do TC cumprir-se em Novembro. No que respeita aos aposentados e pensionistas com reformas superiores a 1100 euros, receberão 10% do subsídio de férias em Julho e 90% em Novembro ou Dezembro.

http://www.publico.pt/economia/noticia/maioria-aprova-diploma-que-adia-para-novembro-reposicao-total-do-subsidio-de-ferias-1596754

FIRESHELTER52

07/06/2013

SIVA entrega 26 AMAROK ao ISN para patrulhar Praias

O Instituto de Socorros a Náufragos recebeu, no passado dia 31 de Maio, em cerimónia realizada na SIVA, 26 viaturas Volkswagen Amarok destinadas ao patrulhamento das praias da costa portuguesa .

A SIVA pretende assim reforçar a sua parceria com o ISN, reafirmando o seu objectivo de contribuir para a segurança das praias em Portugal, através do apetrechamento de importantes meios essenciais às necessárias operações de vigilância e salvamento.

Todos os operacionais que irão trabalhar com as viaturas pertencem ao Corpo de Fuzileiros da Marinha, estando, tal como o Volkswagen Amarok, aptos para enfrentar os desafios mais difíceis.

Antes de serem entregues as novas viaturas, decorreu uma acção de formação de modo a familiarizar todos os utilizadores com as características do Volkswagen Amarok e as particularidades do projecto “Sea Watch”.

Os concessionários da marca alemã serão uma parte importante do projecto “Sea Watch”, assegurando, localmente, o apoio necessário na manutenção dos Amarok.

Sendo as viaturas com melhores capacidades todo-o-terreno da frota do ISN, serão destacadas para as praias de acessos mais difíceis e onde possam ocorrer mais frequentemente situações de perigo prementes.

O Amarok é um produto 100% Volkswagen, desenvolvido e produzido exclusivamente pela Volkswagen Veículos Comerciais na sua fábrica de Hannover, na Alemanha, e comercializada pela rede oficial da marca em todo o mundo. Em 2012, foi a pick up cabina dupla mais vendida em Portugal.

No salvamento, todos os segundos contam e o Volkswagen Amarok tem também de ser rápido de modo a que todos os salvamentos sejam feitos com sucesso.

A nova motorização Bi-Turbo de 180 cavalos de potência que equipa o carro deste ano garante ainda uma melhor performance dentro e fora da estrada.

Um turbo mais pequeno assegura que mesmo a baixas rotações, numa duna mais complicada de ultrapassar, o binário máximo de 400Nm estará imediatamente disponível, permitindo a rotação das rodas mesmo a baixa velocidade com muita areia solta.

O Turbo de maiores dimensões, que entra em funções a uma rotação mais alta, permite ao Amarok um contínuo aumento de performance à medida que aumentam as rotações.

Recorde-se que, em 2012, de 1 de Junho a 30 de Setembro, as pick-ups da Volkswagen participaram em 292 intervenções, 1198 assistências de primeiros socorros e 301 buscas com sucesso de crianças perdidas nas praias, tendo contribuído desta forma para que Portugal tivesse sido um dos países do mundo com as menores taxas de mortalidade nas praias durante a época balnear.

FIRESHELTER52

Corpo de Bombeiros Municipais de Tavira no Campeonato Nacional de Desencarceramento

Pessoal aqui fica o registo coligido da página da ANSD no Facebook da prestação da equipa dos Bombeiros Municipais de Tavira no I Campeonato Nacional de Salvamento e Desencarceramento que decorre no Barreiro.

CBM Tavira mesmo longe a malta está ca a apoiar-vos... FORÇA!




FIRESHELTER52

Proteção Civil do Algarve testou meios para evitar falhas no combate aos fogos florestais

Cerca de 450 pessoas participaram no exercício "Serra segura2013", nos concelhos de Monchique e de Silves, que serviu para testar os meios operacionais de socorro e emergência e corrigir falhas detetadas nos incêndios ocorridos no Algarve em 2012.

"É o culminar de um processo iniciado o ano passado no Algarve, que resultou no documento ‘Lições aprendidas, medidas corretivas', em que foram elencadas um conjunto de situações que careciam de melhoria e correção", destacou o comandante distrital de Proteção Civil do Algarve, Vítor Vaz Pinto.

A avaliação feita das operações de socorro, após os incêndios de vários dias ocorridos no ano passado nos concelhos de São Brás de Alportel e em Tavira, apontou para falhas na coordenação no combate aos fogos.

De acordo com Vítor Vaz Pinto, o "Serra segura2013" visou "treinar, afinar o sistema e avaliar as medidas e procedimentos mais adequados para que, em situações reais, a eficiência seja maior".

"Tratou-se de um exercício mais técnico, operacional e mais pedagógico do que propriamente um teste a qualquer plano", destacou o responsável, acrescentando que "as decisões são tomadas à medida que o exercício evolui".

"Ainda é cedo para tirar conclusões, mas estou satisfeito com aquilo que tenho acompanhado. As ocorrências serão todas analisadas para se poderem tirar ilações e afinar ainda melhor o sistema", sublinhou Vítor Vaz Pinto.

O simulacro desenrolou-se em vários cenários diferentes, desde o combate a fogos florestais a acidentes de viação, envolvendo todas as corporações de bombeiros do Algarve, militares da Guarda Nacional Republicana, Polícia Judiciária, Cruz Vermelha Portuguesa, agrupamentos de escoteiros, serviços municipais de Proteção Civil e jornalistas.

O exercício "Serra segura2013" integrou dois modelos: o "LIVEX", com a movimentação de meios no terreno em tempo real, e o "CPX (Command Post Exercises)", cenários fictícios realizados apenas com o recurso a comunicações.

Os simulacros iniciaram-se ao amanhecer, tendo como cenário dois incêndios florestais nos concelhos de Monchique e de Silves, que se juntaram numa só frente de fogo, com a intervenção de todas as corporações de bombeiros do Algarve.

.diariOnline RS com Lusa

FIRESHELTER52

Ataques de Pânico ou de Ansiedade com sintomas iguais aos de um Ataque Cardíaco

O que são os Ataques de Pânico ou de Ansiedade?

Um estado de pânico é um fenómeno físico resultante do processo de ansiedade. Falamos em pânico quando se sente um nível extremo de ansiedade.
A ansiedade é um fenómeno físico de reacção á emoção medo, provocado pela libertação de adrenalina no sangue pelas glândulas supra-renais.
Em momentos de ansiedade é libertada adrenalina em quantidades abundantes preparando o organismo para grandes esforços físicos, estimulando o coração, elevando a tensão arterial, relaxando certos músculos e contraindo outros.

E quando o Pânico é um problema?

Por vezes, como efeito secundário de medicação, drogas ou de debilidades físicas diversas, existe uma libertação de adrenalina em excesso causando assim um colapso físico, sentindo-se um estado de Pânico... sem o ser.
Este colapso físico tendo sintomas semelhantes à ansiedade, faz com que a mente acredite poder estar num estado iminente de morte (perigo), e aqui pode iniciar-se o primeiro evento do síndroma do pânico. A partir deste evento isolado de pânico pode gerar-se o medo de sentir novamente o pânico!

Quem sofre desta perturbação sente uma ansiedade máxima em situações inexplicáveis, não conseguindo reconhecer os medos que lhes são inerentes.

A maior parte das vezes, as pessoas que sofrem desta perturbação não são corretamente diagnosticadas devido a dificuldade que muitas vezes existe em detetar este síndroma, o que leva frequentemente a pensar que são apenas episódios de ansiedade simples.

Sintomas mais frequentes dos ataques de Pânico:

- Dificuldade respiratória ou sensação de estar a sufocar
- Vertigens, instabilidade ou desmaio
- Palpitações ou ritmo cardíaco acelerado
- Tremuras ligeiras ou acentuadas
- Sudação
- Falta de ar
- Náuseas, dor de estômago ou diarreia
- Sensação de irrealidade, estranheza ou separação do meio envolvente
- Sensações de adormecimento ou de formigueiros
- Ruborização ou calafrios
- Dor ou incomodidade no peito
- Medo de morrer
- Medo de «tornar-se louco» ou de perder o controlo


Estes sintomas são tão fortes, que ao acreditarmos que vamos morrer, criam-se só por si um trauma inconsciente e resistente que provoca um processo mental profundo e contínuo de afastamento de todas as experiências que interpretamos na altura serem a causa do colapso físico vivido. Como a nossa mente não conseguiu entender que as causas reais deste colapso tiveram na sua origem uma debilidade física, relaciona os fatores externos que aconteceram nesse momento, como por exemplo: o lugar e as circunstâncias onde estavam, os pensamentos que tinham, como experiências agressoras e perturbadoras a evitar no futuro.

Este processo mental erróneo provoca uma ansiedade elevadíssima todas as vezes que se está perante estas experiências consideradas agressoras. As pessoas perturbadas com este sindrome são levadas a pensar que têm fobias diversas quando na verdade o que sentem é um medo extremo de estar expostas a experiências que a mente

Como se pode tratar os Ataques de Pânico?

Os Ataques de Pânico tratam-se na sua origem, ajudando as pessoas que sofrem a afastarem-se das emoções de medo traumático resultante do primeiro evento de pânico.
Existe uma grande oferta de terapias convencionais e alternativas que podem ajudar no combate aos Ataques de Pânico, deve reflectir bem nas ofertas terapêuticas, pois a nossa saúde mental é um assunto sério.
Na Clínica da Mente utilizamos a HBM Therapy, são técnicas diferentes e inovadoras que permitem ás pessoas encontrar a sua paz interior... a sua felicidade.

Saiba mais em:

http://www.clinicadamente.com/tratamentos/ataques-de-panico.html

FIRESHELTER52

06/06/2013

Indiscreto... mas Brutal!..... Em Portugal vale tudo!

Candidato a Gondomar pelo PS, Marco Martins, é Bombeiro e resolveu usar uma ambulância na sua campanha eleitoral, tal como vinha escrito na crónica Correio Indiscreto do Correio da Manhã...


http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/exclusivo-cm/ambulancia-serve-candidato-bombeiro#comentarios

FIRESHELTER52

Turma do 1. Curso de Chefes de Equipa de CIUI realizado no Algarve

Fica aqui o registo fotográfico da primeira turma do Curso de Formação para Chefe de Equipa de Combate a Incêndios Urbanos e Industriais que se realizou na região Algarvia.

A formação foi composta por elementos dos Bombeiros de Aljezur, Portimão, Albufeira e Tavira.

Decorreu no Quartel dos Bombeiros de Vila Real de Santo António e teve como formadores Valter Raimundo e João Horta, Formadores de Combate a Incêndios Urbanos e Industriais da Escola Nacional de Bombeiros.



FIRESHELTER52